8 de nov de 2007

Meu alguém

Eu sinto a falta de alguém que mantenha o meu sorriso.
Que sustente o meu olhar.
Que eu olhe com imenso orgulho quando estiver ao meu lado e em outros lados.
Que eu possa até fazer carinho em sua cabeça quando o encontrar e apertar forte sua mão, ao me despedir.

Eu sinto a falta de alguém que entenda que a vida não nos dá regras
E que o limite somos nós.
Alguém que goste de ler antes de dormir e divida o choro, a chuva e o chocolate.
Que ore por mim.
Que saiba conversar comigo em silêncio.

Eu sinto a falta de alguém que abrace com o sorriso.
Que fale com as mãos.
Que sinta com o olhar.
Que pense com o coração.
Que me ame com todos eles e entenda suas razões.

Eu sinto a falta de alguém que não precisa ser adulto 24 horas por dia.
Ele também pode ser criança pedindo carinho
E se juntar a mim pra fazer bagunça e chorar de rir.
Alguém que dance comigo, corra descalço, sinta o chão e não tenha medo de voar.

Eu sinto a falta de alguém que saiba falar, ouvir e guardar.
Que entenda que uma sobremesa só é muito pouco.
Que me abrace como se fosse a primeira e a última vez, todas as vezes.
Que o faça intensamente e seja cúmplice dos detalhes.

Eu sinto a falta de alguém que estude o meu jeito de ser.
Que me observe com atenção e decifre o código de cada olhar.
Alguém que compartilhe meus tropeções, distrações, emoções.
Que não me repreenda quando sou espontânea ou falo um pouco alto.

Eu sinto a falta de alguém que não se importa com a roupa e com o cabelo.
Que se sinta à vontade ao meu lado e assim, me faça perder o rumo.
Alguém que ame o único Deus e seja comprometido com Ele, acima de todas as coisas.
Que seja isso e faça isso muito além do que em palavras.

Ele será meu cúmplice, meu canto, meu companheiro.
Ele me fará entender todas as Julietas, Isoldas, Cristinas e Luizas.
Eu irei esconder o meu coração debaixo do travesseiro dele
E ele me transformará no melhor que eu posso ser.

(Inspirado em "Alguém", de Luis Guilherme Amaral)

11 comentários:

Faby disse...

Que lindo isso Fezoca!
Essa inspiração tem nome... e não é o Alguém do Luis Guilherme...!!!!

beijoooooooooooo

vanessa disse...

Fer....vc está apaixonada e não me contou???
lindo texto!!!!!parabéns...
te amo amiga!
beijo!

Anônimo disse...

Você descreveu aquele que vai ser o seu menino..e vc será td isso pra ele...a menina dele!
Mas está tão lindo que chega a ser injusto chamar esse alguém de seu... posso querer um igual?
Bjs, nanda, saudades.

Sara disse...

Ah, Fê.
Vc quer um menino teu? Pois quer saber? Tem um bem guardado pra vc. Vc já é a menina de um certo alguém e esse certo alguém já é teu menino. Vcs apenas não sabem disso ainda. Porque Deus é bem style e só deixa as coisas aconteceram quando estamos preparados...
Escreva sempre. Amo tuas palavras soltas e leves, emaranhadas e pesadas.
Beijos...

Carla disse...

Oi Fê!
Li a revista do Show da Fé, e via a reportagem sobre blogs por isso cheguei até aqui!! Achei a matéria super legal! Tbm sou da Igreja da Graça, de Santa Maria-RS! Compartilho de suas idéias, amo escrever e meu blog não é totalmente de conteúdo evangélico, mas lá falo de Jesus e como me sinto em relação ao mundo, contando um pouco do meu cotidiano!
Vou linkar vc, quero voltar mais vezes!
Bjokas, fique com Deus!

rejane disse...

OIE...

Finalmente consegui vir por aki!!!

E como já te disse né linda...
Este texto tem nome e sobrenome...

Uma linda semana
E por favor continue a publicar tdo de lindo que vc escreve!!!
Bjks
Rê =D!!!

Palomilla disse...

"E ele me transformará no melhor que eu posso ser"

Que lindo! Acho que isso resume tudo, né? Quando a gente encontra a pessoa certa, ela faz de tudo pra gente ser uma pessoa melhor, e a gente faz de tudo.. por ela, pra ela.

Acho que isso que chamam de amor, né?

Também quero um alguém assim.

César Augusto disse...

Oi Fê!

Suave na nave?!

Posso te dizer uma coisa?
Sou seu fã!
Você escreve muuito bem! ( Um dia ainda faço a música com um texto seu!) ;)

Beijaço!

Rô disse...

E quem não quer alguém assim? Mas, mais do que querer esse alguem, precisamos investir pra sermos nós mesmos assim...cúmplices, companheiros,que inspire o melhor de quem está ao nosso lado,confiáveis, simples e puros de emoções, desejos,sentimentos e pensamentos, que sorri mesmo em meio às tristezas e sempre tenha um doce mel nos lábios e um brilho muito especial no olhar.

Juliana disse...

NOSSA!
Esse "texto" é muito lindo!..rs!

Vívian Almeida disse...

Olá tudo bem?

Estava passeando pelos blogs quando encontrei o seu e vi que gosta das poesias e prosas do Luiz Guilherme, você já visitou o blog dele?

É muito bom.